Uma semana de plástico



Esta imagem representa, na perfeição, o nosso principal objectivo na criação deste blog. Lembram-se do desafio dos 40 dias sem Plástico levado a cabo pela Quercus? Deixámos bem claro no artigo anterior que "Nos próximos 40 dias vamos vos dar dicas de como podemos sobreviver muitos dias (não apenas 40) sem plástico". Mas cedo percebemos que a missão não era tão linear assim.

Não basta dizermos NÃO ao plástico de um momento para o outro, até porque ele está em todo o lado e em 90% dos artigos que usamos. "Não Plástico, a partir de hoje a nossa vida vai ser quase zero de ti" - ousámos nós alguma vez equacionar tal coisa.

Esta é, nada mais, nada menos, que a quantidade de plástico que utilizámos durante uma semana. Todo ele reciclável mas todo ele um desperdício de recursos e uma amostra de como é o consumo humano. Até na alimentação mais saudável, o plástico está presente. De boas intenções está o inferno cheio e as nossas fazem parte dele sem qualquer sombra de dúvidas. 


Na aplicação dos saberes está o ganho mas o ser humano não está, de todo, formatado para esta questão. Claro que temos consciência do problema e claro que sabemos as implicações que o mesmo tem no meio ambiente e em nós. Contudo, não é fácil transpormos a nossa realidade assim do pé para a mão. Tem que haver um período de adaptação, seja ele qual for. Apesar de não sentirmos qualquer diminuição no nosso consumo diário de plástico (vê-se pela fotografia), conseguimos aplicar algumas medidas. A água passou a ir numa garrafa reutilizável de 1.90€ de uma marca bastante conhecida de artigos de desporto; para além da água, também o sumo do almoço passou a ir num cantil de alumínio que estava escondido cá por casa; o café, que tanto gostávamos de beber em copo de plástico (principalmente no trabalho), passou a ser consumido em chávenas; recusámos algumas palhinhas em cafés e restaurantes; descartámos o uso de gel de banho e optámos pelo uso do velhinho sabonete que vinha delicadamente envolvido no seu papel.

Os próximo passos avizinham-se gigantes e terão mesmo que sê-lo se queremos que a nossa footprint diminua. Por isso, pretendemos diminuir o consumo de plástico através da adopção de produtos e acções ecologicamente sustentáveis. Razão para dizer "não percam os próximos episódios!".











Minimalismo a dois

1 comentário:

  1. Sigo o vosso blog desde o início, e antes de mais parabéns pela iniciativa.

    Em relação à utilização do plástico é efetivamente uma ação que todos temos consciência dos seus malefícios mas que, infelizmente, é tão difícil de conseguir retirá-lo do nosso dia a dia. É sempre o caixote com mais lixo cá em casa 😐

    Obrigada pelas dicas, fico à espera de mais ☺️

    By Tatiana

    ResponderEliminar